logo

Você é demais

Obrigado por estar com a gente. Estamos trabalhando duro para abençoar sua vida. E queremos muito te ouvir, você pode falar conosco através dos canais abaixo.
0
  • No products in the cart.
0
  • No products in the cart.

Bíblia Tag

Creio que a resposta, ou parte dela, esta na palavra, na verdade, como
nós estamos na palavra.
Acredito que nossa mente conduz a nossa leitura, e ainda, o que vamos
abstrair da leitura. A palavra do Senhor diz sobre ter a mente
de Cristo (1CO 2:16), ou seja, em minha mente deve haver a busca do que Cristo
quer para mim e para os frutos do meu pensamento, e nao
especificamente o que eu quero.

Portanto, ao ler a Bíblia, que é a palavra do Senhor Jesus, lembrando
que Ele é o Verbo (Jo 1:1), ao ler estas escrituras devemos buscar a mente de
Cristo com a ajuda do Espirito Santo.

Mas na verdade a questão nao é o que devemos fazer mas sim o que
estamos fazendo. E a ponderação é simples, o Senhor Jesus disse que
conhecemos uma arvore pelos seus frutos. Parafraseando, acredito que
podemos conhecer uma mente pelos seus pensamentos, pelo que estes
pensamentos, leituras e reflexões produzem.

Existem várias formas de se ler a Bíblia e as interpretações para
elas, mas a grande questão é:

1 Jo 4 : 6 Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o espírito do erro.

Leitor:
“Meus irmãos uma coisa que eu percebi foi todos dizerem que os espiritos são demónios, Paulo de tarso disse para obersevarmos se o espirito vem de Deus ou não, bom se todos os espiritos são demónios então qual seria o sentido dos demonios falar o nome de Jesus? no livro dos espiritos Allan Kardec pergunta “Qual é o nosso modelo e guia” a resposta vem “Jesus”, ora qual é afinal objetivo desses demonios? será que eles(demónios) se preocuparia em envagelizar? será que eles se preoculpariam em dizer perdoai até o nossos inimigos? Será que o demonios diria fora da caridade não ha salvação? pois bem meus amados através disso vemos que o espiritismo é unica religião que consegue converter o mal para o bem….enquanto que até hoje nenhuma conseguiu…Então não é através de um espirito inferior que todos os espiritos serão condenados não é mesmo? …”

Mensagem:
Maravilhoso esse comentário. Primeiro é que todos os espíritos não são demônios, existe um maravilho e doce Espírito Santo de Deus. E anjos de Deus algumas vezes são tratados como espíritos (entes espirituais). Quanto as outras perguntas, interessantíssimas, as respostas são:

SIM! Fariam e diriam. Aliás, fazem e dizem. E já adianto que, caso você queira saber muito sobre mundo espiritual, como discerní-lo, como entender sobre os espíritos, anjos, e não ser enganado, sugiro assistir esta aula gratuita de nosso blog!

Post para os espíritas que querem entrar em contato. Após lê-lo, e passar pelos critérios, terei o maior prazer em conversar com voc?. Tenho percebido 2 linhas de e-mails, por isso, para essa linha, pego o último e-mail e deixo este post, assim a produtividade fica maior. Obrigado e que Jesus nos abençoe.

Últimas perguntas que recebi que o teor da resposta pode fazer a triagem:

Amigão.. vc existe mesmo??? Vi um vídeo de uma entrevista sua no youtube.
Meu Deus do céu… Vc existe mesmo?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Custo a crer que um dia vc foi espírita, quanto mais 20 anos.
Como é que vc tem a audácia de dizer que os bons espíritos nos abandonam?
Vc passou 20 anos no espiritismo e nunca ouviu falar na sintonia de pensamentos?
Que ao sintonizarmos com bons espíritos, logo estes estarão ao nosso lado e ao sintonizarmos com pensamentos inferiores estes também se achegarão?
Ora, meu Senhor… Realmente o movimento espírita não perdeu muita coisa. kkkkk
A sua carta é muito engraçada! Na verdade vc nunca ouviu nem falar de Jesus na casa espírita né?
Acho que não…
Na verdade vc nunca estudou foi nada! Nem a vida de Kardec!
Deveria pelo menos respeitar o espiritismo antes de falar. Foram 20 anos de dormência do Sr.
Sim… Eu nasci no Espiritismo, passei 2 anos no catolicismo e mais 3 anos no Protestantismo para estudar.
Adorei. Fiz muitos amigos… Porém sabemos que nada é melhor do que ter a fé raciocinada, né verdade?
Sou Espírita com orgulho e estou orando pelo senhor.
Por falar em fé raciocinada, Vamos fazer o seguinte… Já que o Sr. agora é evangélico, procura pelo menos estudar a sua religião.
Tenta ver algumas traduções fiéis da bíblia. Procura encontrar explicação para todos os erros de tradução
do hebraico para o português… Adentra na história e estuda sobre os tantos concílios que deram origem à bíblia de hoje.
Frequentei o protestantismo por 3 anos e nem por isso saí dando testemunho à mídia sobre as barbaridades q lá presenciei.
Jesus não deixou religião, Amado! Ele afirmou que seus discípulos se reconheceriam por muito se amarem.
Tenta fazer isso e já tá tudo certo… Tenta ser melhor dentro da sua casa com a sua família, blz!
Que agora pra vc “família” é obra do acaso, né… rsrss… Já q não existe reencarnação! rsrsrsrs

O Senhor DEUS me deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer a seu tempo uma boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me todas as manhãs, desperta-me o ouvido para que ouça, como aqueles que aprendem.Isaías 50:4

E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.Filipenses 2:11

A Bíblia diz que o tolo se passa por sábio quando calado. Ou o seu Pestallozzi diz que devemos ouvir e completar o raciocínio alheio, para depois racicionarmos e por último, falarmos ou escrevermos. E este pode ser um primeiro ensinamento bíblico para você, pois foi para mim, e eu vejo como enorme.

As vezes recebo alguns questionamentos de como o Senhor Jesus poderia ter dito isso, ou como na bíblia está escrito aquilo outro. Pretendo com tempo, ir repassando alguns dos polêmicos. O de hoje, foi ocasional, resposta de um e-mail, mas é uma boa maneira de começar. Vamos lá!

“O servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fezconforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites. Mas o que não a soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado.” (Lc 12:47-48a)

Aqui Jesus está falando sobre o dia do juízo. Está falando exatamente sobre o que temos conversado. E para explicar aqueles homens, utiliza situações cotidianas daquela época para conseguir transmitir melhor a sua idéia.

Adão representa pessoas bem interessantes, como eu já fui, e talvez você o seja. Representa pessoas que ao buscarem o entendimento e conhecimento do bem e do mal, sai da guarda e direcionamento de Deus para ficar no seu próprio arbítrio e juízo.

Os homens serão julgados conforme seus atos, pois é válido aquele conceito que é muito conhecido: plantou, colheu! (colherá). Ação e reação, etc.

Porém, o homem

Olá queridos irmãos, eis que 2009 já surgiu e este blog parado. Tudo isto, por felizmente estarmos no caminho do Senhor, mudanças acontecendo mas a readaptação para retomada de nossos deveres com o Senhor não pode parar. E é por isso que eu penso ser o motivo do Senhor ter separado o nosso tempo, como em anos, foi propósito dEle. Bom, não podemos sugerir o que...

Read More

Vendo-se iludido pelos magos, enfureceu-se Herodes grandemente e mandou matar todos os meninos de Belém e de todos os seus arredores, de dois anos para baixo, conforme o tempo do qual com precisão se informara dos magos.” (Mateus 2:16)

Tenho estudado e lido a respeito de muitos questionamentos sobre o Natal, nascimento do Senhor Jesus, e infelizmente muito tenho me chateado a respeito. Mas hoje vamos ver um dos enganos que tem se falado por aí. Terá sido o encontro entre os reis magos e o menino Jesus acontecido somente após dois anos de seu nascimento, como o versículo de forma isolada tenta propor? Não, a resposta é não.

Vem chegando o Natal e então começamos a nos recordar do nascimento do Senhor Jesus. Para que Ele veio, para que nasceu? Qual o propósito? Então muitas vezes começamos a pensar em salvação, ou como deveríamos ser, nos comportar, agir, amar. Eu sei que muitos de vocês pensam a respeito disso.

E é pensando nisso que me lembrei de uma figura muito reconhecida dentro de várias religiões que se dizem cristãs, ou simpatizantes, etc. E esta figura é a do bom samaritano, uma das figuras que Jesus utilizou para pregar o reino dos céus. Então fica a pergunta no ar, será que esta figura é a que devemos ter ao pensar como devemos ser ou nos comportar, ou ainda, a figura para nos assemelharmos ao buscar o reino dos céus, a nossa salvação? Bem, a resposta é sim, e não. Vamos estudar um pouquinho a respeito?

BÍBLIA – Qual é o seu propósito?
fonte: www.estudobiblico.com.br

O fator mais importante, que classifica a Bíblia como o livro mais singular, é a influência que ela tem sobre a vida dos homens. Embora a Bíblia seja um grande tesouro com respeito à sua contribuição para humanidade em literatura, filosofia e história, o maior valor deste livro se encontra na grande influência  que exercem sobre as pessoas. Através de suas páginas o homem se vê exposto quanto à sua verdadeira condição diante de Deus, a palavra de Deus é como uma espada que penetra até os pensamentos e propósitos do homem e o convence de seus pecados diante de Deus (Hb 4:12 “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.”). Santo Agostinho era um homem indisciplinado e libertino em sua juventude, porém

E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.” (1 Coríntios 13:3)

Amados, o título deste texto, é uma das máximas do Espiritismo segundo Allan Kardec. Esta, como muitas outras doutrinas, tem o intuito de racionalizar e trazer para o campo da filosofia, aquilo que é religioso, aquilo que é de Deus, e que somente nos é revelado conforme o Senhor nos permita entender, conforme inspiração e esclarecimento do seu Espírito Santo. Mas enfim, é claro que o assunto salvação não é uma filosofia.

A doutrina espírita declara ser firmada num tripé, e seriam cada um destes a ciência, filosofia e religião. Quanto a parte religiosa, declara ser Cristã, seguindo os ensinamentos do “mestre”, porém consertando o que Ele disse com a ajuda dos espíritos, declarando que as pessoas naquela época não tinham o devido avanço intelectual para entender o que verdadeiramente Ele queria dizer, por isto a utilização de parábolas.

Engraçado isso, porque a parábola não é uma maneira de complicar, e sim de facilitar, utilizando as questões da época para explicar aquilo proposto. Hoje sim, dificulta para nós entender as parábolas por não entender muito bem como as coisas funcionavam naquele tempo. Na verdade, o que os espíritas não entendem, é o mesmo que Nicodemos. Mas abordaremos isso mais a frente.

Agora que já demos uma breve explanação sobre a base que sustenta a doutrina espírita, vamos entender o seu grande jargão, e ver se é realmente cristão ou não, ou seja, será que realmente fora da caridade não há salvação?

“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”  (II Timóteo 2 : 15)

Não sei se posso referir somente a este tempo, é claro que não. Mas com certeza, posso dizer que neste tempo, há uma grande busca pela espiritualidade, pelo reino espiritual, por ter revelações do que está escondido entre céus e terras, e minha pergunta é para aqueles que não são tão espirituais assim, o que há de errado com você?