logo

Você é demais

Obrigado por estar com a gente. Estamos trabalhando duro para abençoar sua vida. E queremos muito te ouvir, você pode falar conosco através dos canais abaixo.

Instagram

0
  • No products in the cart.
0
  • No products in the cart.

Reflexões

Pedra Angular Brasil > Reflexões (Page 4)

Queridos, temos lido muitas coisas a respeito do Natal. Quantas perguntas, quantos questionamentos, quantos estudos, quanta vasculhação, quanta discursão. Eu me pergunto, qual será o verdadeiro intuito disso tudo? Porque as pessoas se prendem a gastar horas e horas procurando argumentos para dizer que estão certas, e depois disso se perguntar, o que tudo isso representou? Será que foi para a glória de Deus? Será que serviu para a minha salvação? Ou para a do meu próximo? Com certeza agora ele é feliz. Será? Quantas perguntas não é mesmo, e isso serve, ao nosso ver, para mostrar um pouco do que o Natal é, ou deve ser, em primeira instância. Reflexão. É claro que esperamos também mudança, transformação, restauração.

E estas perguntas deveriam ser se Jesus realmente nasceu no dia 25 de dezembro? Não deveria Ele ter nascido em setembro? O inverno não costuma ser rigoroso em Belém da Judéia para que os animais e pastores ficassem nos campos nas caladas da noite? Devemos nós usar árvores de Natal? Bolas, presépios, guirlandas, papai noel? Ah, então é necessário falar do das lendas baseadas no bispo Nicolau! Mas a origem não vem das festas pagãs que os cristãos não conseguiram ficar de fora? Precisamos falar sobre Constantino!? E não vamos falar sobre a Brumália de 25 de dezembro que seguia a Saturnália de 17 a 24 de dezembro? Vamos falar da festa Mitraica! E as idolatrias e cultos ao Deus do Sol? Ah, precisamos falar sobre o que veio do Egito! E por que não dizer dos pecadores Herodes e o próprio Faraó? Esses sim comemoravam seu natalício! Talvez fosse melhor focarmos no Natal da corrupta Babilônia e seu ainda mais corrupto fundador Nimrode e seu natal, quer dizer, natalício. Acho que precisamos falar de quando cada turno iniciava para entendermos o turno Abias citado na bíblia, e então descobrir a verdadeira data do nascimento do Cristo. Bingo! Agora sim! E quando soubermos o exato dia em que Cristo nasceu…!! Bem, ainda vai ser uma hipótese, é, complicou demais, deve ser por isso que Deus não deixou claro na bíblia qual foi o dia! Na verdade, será que temos que comemorar o Natal? Ou isso não passa de uma grande heresia!!?

Ufa! Talvez você tenha ficado perdido com tantos questionamentos? Será que tudo isto ajuda a entender o Senhor Jesus ou mesmo o Natal? Ou será que agora vai correr atrás das enciclopédias Católicas, quem sabe a edição de 1911, ou A nova enciclopédia de conhecimento religioso, de Schaff-Herzog, ou ainda comentários de Adam Clark, volume 5. Não, eu vou para a enciclopédia Britânica! É, acho que nesse ritmo todo, daqui a pouco estou estudando mais sobre Zeitgeist, e quem sabe Jesus representou mais um ciclo de outro calendário pagão.

É, depois que você ou eu tivermos tudo isso na ponta da língua, para levarmos a grandes discursões, palestras, abrir um grande site sobre apologética, vou ser agora mais Cristão, e mais liberto! Agora que não comemoro mais o Natal vou para o céu! E os outros que estão ao meu lado vão ganhar a salvação! É o início de uma nova era! Deve ser isso que Cristo queria que entedessemos para sua volta gloriosa?

Querido, se você é dessa turminha, você pode parar por aqui, copiar esses trechos acima, vai para o Google, e ficará muito mais culto, estudado, quase um cientista, ou historiador. Mas se você é daqueles, que ainda se preocupa em refletir no Natal, em olhar para si mesmo, para seus atos, como foi o seu ano, onde está Deus em tudo isso, onde achá-lo? É com você mesmo que eu quero conversar neste texto. E não vou fugir da bíblia, vamos lá!

Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: estando Maria, sua mãe, desposada com José, sem que tivessem antes coabitado, achou-se grávida pelo Espírito Santo. … Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles.” (Evangelho de Mateus 1 : 18,21)

e ela deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.” (Evangelho de Lucas 2 : 7)

Portanto, aquele que pensa que está de pé é melhor ter cuidado para não cair. ” (1 Coríntios 10 : 12)

Amados, como é bom refletir na palavra do Senhor, que nos dá direção, sabedoria, entendimento para andar segundo os seus propósitos, que são de paz e não de causar dano.

Esta reflexão é para você que tenta seguir os preceitos do Senhor Jesus, mas volta e meia, acaba enfiando o pé na jaca.

Hoje ao perguntar para o Senhor o que gostaria que escreve, me levou as escrituras onde está escrito um de seus sermãos, o famoso Sermão do Monte. E apesar do título referir-se a respeito do adultério, o Senhor me falou que quis dizer muito mais do que isso, quis falar sobre o homem se manter de pé e não cair. Foi isso que o apóstolo Paulo entendeu ao escrever o versículo acima. Aquele que pensa estar de pé, tenha cuidado. Vamos saber por que?

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.”  (Provérbios 4 : 23)

Aqui está um conselho de um homem que foi considerado o mais sábio de todos os tempos. Aqui está um conselho considerado o melhor que este homem escreveu. Aqui está a palavra de Deus, revelando a você algo precioso, para Ele próprio, e para ti: o seu coração.

A bíblia tem uma maneira especial de colocar o coração para nós. Diz que do coração procedem as fontes, ou saídas da vida. Diz que nela surgem as vontades, emoções e guardamos os pensamentos. Muito do que atribuímos científicamente ao cérebro, a Bíblia atribui ao coração. Na verdade, é o coração que nos liga ao Pai, e infelizmente, que também nos liga ao maligno.

A nossa vida é movida por palavras e atitudes e estas

Pecamos, como nossos pais; cometemos iniquidade, procedemos mal. Nossos Pais, no Egito, não atentaram às tuas maravilhas; não se lembraram da multidão das tuas misericórdias e foram rebeldes junto ao mar, o mar Vermelho.” (Salmos 106 : 6-7)

Quão gloriosa é a palavra de nosso Deus. Amados, erramos verdadeiramente porque desconhecemos o poder e a palavra de Deus. Pois quando lemos, meditamos nesta palavra, e deixamos o Espírito Santo nos ensinar, crescemos de graça em graça até alcançar a estatura de varão perfeito.

Um assunto que o Senhor tem falado ao meu coração e que ao procurar reparar, tenho visto em todos os cantos, inclusive muitas vezes em minha própria vida, é o julgamento, as acusações que o homem faz contra os outros, seja vizinho, pai, mãe, chefe, empregada, amigos, seja ao próprio Deus.

Aliás, pecamos contra Deus ao julgá-lo como culpado pelo mau que existe na vida e no mundo, e pecamos outra vez quando mistificamos Deus, quando moldamos conforme nossa idéia e entendimento, com a desculpa de que é a única maneira de aceitar a um Deus justo. É então que surgem tantas doutrinas e os entendimentos próprio.

Mas queridos, vejamos o que nos diz as escrituras sagradas.

NÃO te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade” (Livro dos Salmos 37 : 1)

Queridos, esta palavra é para todos aqueles que servem ao Senhor Jesus, e que muitas vezes comparam a sua situação com a situação próspera daqueles que não servem a Cristo Jesus. E se você é um destes, não se preocupe tanto com isso, é melhor aceitar isso e saber o que o Senhor tem a nos falar. Mas se você não serve ainda, também vale a pena saber o que o Senhor tem reservado para todos aqueles que neles esperam, vamos lá?

“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”  (II Timóteo 2 : 15)

Não sei se posso referir somente a este tempo, é claro que não. Mas com certeza, posso dizer que neste tempo, há uma grande busca pela espiritualidade, pelo reino espiritual, por ter revelações do que está escondido entre céus e terras, e minha pergunta é para aqueles que não são tão espirituais assim, o que há de errado com você?

Por que mesmo a gente tendo aceitado Jesus, tendo sido batizado, mesmo estando em obediencia, orando … e indo a casa de Deus … por que mesmo assim a gente sente desanimo?

Deus mostra que é Deus pra nós é no vale, é na provação.

A bíblia fala que o dia bom e o dia mau vem pra todos, o sol, e a chuva, a diferença é se você passa sozinho, ou se passa com Jesus.

As vezes a vida do crente fica mais difícil depois que se converte, porque passa a ser perseguido pelo nome de Cristo, mas bem-aventurados aqueles que não O renegaram, porque Ele não nos renegará ao Pai.

Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida.” (João 8:12)

Essa é a luz que todo coração precisa e anseia. E sabe com o que isso tem haver? Com a alegria, paz, felicidade, amor, longanimidade em sua vida. Nós nascemos com um objetivo, e se não o entendemos, ou melhor, se não o alcançamos e o vivemos, tudo é escuridão, vazio, trevas. Mas então, qual o sentido da vida?

Você me ama?

Ana Militão

Um dia, levantei-me de manhã cedo para assistir o nascer do sol. A beleza da criação divina estava além de qualquer descrição. Enquanto eu assistia, louvei a Deus pelo Seu belo trabalho. Sentado lá, senti a presença de Deus comigo. Ele me perguntou: você me ama? Eu respondi: é claro, Deus! Você é meu Senhor e Salvador!

Então Ele perguntou: se você tivesse alguma dificuldade física, ainda assim Me amaria?

Meditação sobre Mateus 25:31-46

Muito aquém de falar sobre o livro de apocalipse ou sobre a primeira carta de Paulo aos Tessalonicenses, pretendo fazer uma abordagem séria da exortação que Cristo nos deixou, e ainda diz a quem quer que leia, escute.

Muitas vezes os religiosos se preocupam muito com o aceitar e confessar a Jesus Cristo como Senhor e Salvador, o que não sou nem um pouco doido de discordar, mas acaba perdendo um pouco a também importância do amor ao próximo, da postura que devemos ter enquanto servos do Senhor Jesus.